WILLIAN MOLINA
Secretário da Fazenda e Gestão Estratégica participa ao vivo do JM
Reajuste salarial dos servidores municipais, IPTU, REFIS 2021 e orçamento foram os destaques da entrevista
por Departamento de Jornalismo - Rádio Araguaia 23/07/2021 às 09:51 Atualizado em 23/07/2021 às 10:03
Imagem: Rafael Imhof

O secretário municipal da Fazenda e Gestão Estratégica da Prefeitura de Brusque, Willian Molina, participou ao vivo do Jornal da Manhã nesta sexta-feira (23/7). 

Na ocasião, o secretário falou sobre a decisão tomada pelos servidores municipais que encontram-se em estado de greve para solicitar um diálogo em relação as mudanças propostas para o Ibprev e a concessão do reajuste salarial (relembre). 

Molina afirma que o poder público municipal segue a legislação que, nesse momento, proíbe o reajuste. Assim, a prefeitura diz não entender o movimento e afirma que, caso a greve seja deflagrada, as horas não trabalhadas serão descontadas do servidor. Ao mesmo tempo, lembra que o executivo vem cumprindo rigorosamente com suas obrigações, nunca atrasando salários e já depositando metade do 13º, além de manter o quadro mesmo diante da pandemia e dificuldades enfrentadas. 

Em relação ao Instituto Brusquense de Previdência (Ibprev), os ajustes apresentados à Câmara Municipal são necessários para atender à legislação federal, segundo Molina. Mesmo assim, durante a semana, o executivo esteve reunido com o SINSEB quando discutiu, em linhas gerais, a situação. 

Desse encontro ficou definido que o poder executivo irá rever o texto enviado à Câmara Municipal para deixá-lo mais objetivo no que diz respeito a criação da previdência complementar para os servidores que ganham acima do teto do instituto. 

Porém, Willian afirma que não trata-se de uma opção e nem iniciativa do município, mas sim, do cumprimento da lei federal que obriga a instalação da previdência complementar. Por fim, garante que a Prefeitura Municipal está sempre aberta ao diálogo com o sindicato. 

FINANÇAS 

Durante a entrevista, o secretário também falou sobre as questões financeiras do executivo municipal. A estimativa de arrecadação para esse ano aproxima-se da casa dos R$ 500 milhões. 

Parte desse valor virá de dois impostos: IPTU e ISS (Imposto Sobre Serviços).  A projeção de valores para o IPTU gira na casa dos R$ 40 milhões, sendo que R$ 31 milhões já foram pagos.

Com relação ao ISS,  a estimativa é parecida. Porém, trata-se de uma marca que o poder executivo entende que pode ser ampliada, comparando-se a outras cidades onde esta arrecadação é quase o dobro daquela obtida com o IPTU. 

REFIS 2021

A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria da Fazenda, disponibiliza o Programa de Recuperação Fiscal (Refis), para o ano de 2021. Os interessados em renegociar as dívidas com o Poder Público municipal tem até o dia 31 de Julho de 2021 para aderirem ao programa. 

Com o Refis, as empresas e pessoas físicas podem quitar débitos vencidos até 31 de dezembro de 2020, com abatimento de até 100% de multa e juros. É possível realizar parcelamento em até 48 vezes. 

A adesão ao programa pode ser realizada de forma online. Se o contribuinte pretende fazer o pagamento à vista pode emitir a guia no site brusque.atende.net. Caso deseje efetuar um parcelamento, deve realizar a solicitação pelo e-mail refis2021@brusque.sc.gov.br. Para atendimento presencial, é necessário agendamento prévio pelo site. 

OUÇA A ENTREVISTA: 

 

Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados