RADIOPATRULHA
Polícia Militar de Brusque apresenta armamento adquirido por meio de convênio
O material bélico será utilizado nas atividades dos policiais no combate ao crime organizado
por Departamento de Jornalismo Rádio Araguaia 19/09/2019 às 18:49 Atualizado em 19/09/2019 às 19:40

Na tarde desta quinta-feira (19), o comandante do 18º Batalhão da Polícia Militar (BPM), Tenente-coronel Otávio Manoel Ferreira Filho, realizou uma coletiva para a imprensa de Brusque com o objetivo de apresentar o material bélico adquirido por meio de um convênio radiopatrulha. O armamento será utilizado nas atividades dos policiais no combate ao crime organizado. De acordo com o comandante, havia uma reclamação dos policiais militares pela falta de armamento pesado no batalhão, pois segundo ele, a cada dia os criminosos estão mais fortemente armados e é preciso que a polícia militar tenha poder de enfrentamento e poder de fogo no combate ao crime organizado, podendo trabalhar com maior segurança e maior comprometimento.

Conforme Otávio, foram investidos mais de R$ 60 mil reais na compra de sete fuzis, juntamente com munições. O investimento foi possível por meio de um convênio firmado entre a Prefeitura de Brusque e entidades do município.

Outro objetivo da reunião foi abordar o trabalho realizado para combater o tráfico de drogas no ano de 2019 em Brusque e região. Segundo o comandante, os números apresentados são inéditos na história de Brusque. Nunca foram derrubados tantos pontos de comercialização de drogas no município como em 2019. Ele ressalta que o tráfico de drogas é o que causa maiores problemas e outros crimes, por isso é tão importante combater.

Imagens:Pedro Paulo Angioletti


O coronel Moacir Gomes Ribeiro, comandante da 7ª Região da Polícia Militar participou do evento e destacou que foram dois pontos importantes demonstrados na coletiva: a prestação de contas com a compra de fuzis, que foi feita, segundo ele, em boa hora, pois a criminalidade está cada vez mais ousada e os policiais tem de estar preparados para enfrentar. E o segundo ponto alto, foi a apresentação dos índices de atendimento de ocorrência ao combate do tráfico de drogas, que, conforme Gomes, é fruto de uma fundamental parceria com a comunidade que faz as denúncias e ao trabalho ostensivo que vem sendo realizado pelos profissionais.

O vice-prefeito, Ari Vequi participou da solenidade e ressaltou a importância do equipamento bélico para a segurança pública de Brusque. Segundo ele, isso demostra  que a Polícia Militar de Brusque está bem preparada para combater o crime organizado. Para Vequi, os bons índices de segurança pública do município em nível nacional se devem as parcerias que existem em Brusque entre o poder público e iniciativa privada.

Participaram da coletiva, representantes de órgãos da imprensa de Brusque, autoridades locais e regionais, representantes de entidades e policiais do 18º Batalhão de Polícia Militar.

 

Assuntos: Segurança
Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu nome
Seu telefone
Seu bairro
Sua cidade
Escreva sua mensagem pressione shift + enter para adicionar linha
Todos os campos são obrigatórios
Recomendados